Kickstarter ultrapassa a marca de US$ 1 bilhão arrecadados

animartini_img_destaque_18032014

Artigo também disponível em Inglês

A plataforma de financiamento coletivo Kickstarter anunciou, este mês, que quebrou uma marca bastante significativa para os planos futuros da ANIMARTINI: desde a sua criação, em abril de 2009, o portal arrecadou a quantia de US$ 1 bilhão em projetos. Até o momento, foram mais de 57.000 projetos auxiliados – que representam uma média de 44% do total de iniciativas inscritas no site e que, efetivamente, conseguem arrecadar a quantia previamente estipulada.

O anúncio acontece em um momento bastante propício: o filme baseado na finada série de TV Veronica Mars acaba de chegar às salas de cinema dos EUA, depois de ter sido digitalmente distribuído para os apoiadores do Kickstarter. Escrito e dirigido pelo criador do seriado, Rob Thomas, o filme foi inteiramente financiado pelo site, tornando-se o terceiro projeto de maior sucesso de sua história – atrás apenas do relógio Peebles, o smartwatch, e do Ouya, um console de videogames que roda no sistema operacional Android.

O sucesso da iniciativa atraiu outros nomes hollywoodianos, como Zach Braff (astro de “Scrubs”) e Spike Lee, a tentar financiar seus projetos via Kickstarter – causando uma onda de críticas de alguns conservadores do mundo digital, já que, em tese, a intenção de uma plataforma de financiamento coletivo seria ajudar os pequenos criativos a tirar seus projetos do papel, e não poderosos nomes do entretenimento que conseguiriam este investimento de outra forma.

“Este é um sistema que permite que qualquer um crie”, diz Yancey Strickler, co-fundador do Kickstarter, rebatendo os questionamentos em entrevista para a versão britânica do jornal Metro. “Não existe um teste que determine que alguém é digno ou não. Zach Braff colocou o seu projeto e 40.000 pessoas contribuíram com US$ 3 para fazê-lo acontecer. As pessoas não foram enganadas. Elas ficaram empolgadas em participar. Estes fãs tiveram a oportunidade de mostrar o seu amor e ser parte de algo que queriam ser”, completa.

Aqui na ANIMARTINI, a gente quer que você crie com a gente. A gente quer que você seja parte de um projeto muito especial, parte de um sonho. E, como no projeto de Zach Braff, você não precisa gastar tanto quanto parece. É uma pequena parte que não vai te atrapalhar – mas que vai fazer toda a diferença para nós.

CLIQUE AQUI e saiba como ajudar!

Deixe aqui seu comentário

*